Cascavel vive bolha de hotéis

Apesar de ser polo regional, Cascavel vive a realidade de ter uma média de mais de 2,3 mil camas vazias por dia, segundo dados do presidente do Cascavel Convention & Visitors Bureau (CCVB), Felipe Casagrande. O percentual de ocupação hoteleira, atualmente em 50%, não permite que os hotéis atinjam um ponto de equilíbrio para o pagamento das contas.

Com 32 hotéis registrados e 3.600 leitos, segundo Casagrande, Cascavel vive uma espécie de bolha no setor, resultado de uma propaganda enganosa. “Ancorados na ideia equivocada de que o Show Rural traz um legado, algumas redes investiram pesado na cidade nos últimos anos. Sem dúvida, é um evento que ajuda muito, porém, movimenta apenas cinco noites com lotação em 100%. E as outras 360?”, questiona.

Somente no ano passado, três hotéis fecharam as portas (Hotel Paraná, Príncipe e Talara). “Com os motéis ofertando diárias, casas e apartamentos sendo locados e as pensões concorrendo no mercado informal, a situação se agrava”, diz, lembrando que o caminho é o que o Cascavel Convention & Visitors Bureau (CCVB) vem propondo: a atração de eventos.

E não se trata de trazer eventos apenas do porte do Show Rural. “Falamos de eventos itinerantes, de pequeno e médio portes, corporativos, religiosos, culturais e esportivos. Tem uma ampla gama de eventos a serem explorados”, reforça.

O trabalho do CCVB, segundo Casagrande, é buscar estes eventos. “Para isso, a entidade também precisa de apoio. Os empresários do setor precisam ver com bons olhos o nosso trabalho. O objetivo é um só, melhorar coletivamente. Caso contrário, mais hotéis fecharão suas portas”.

Outro agravante vem do próprio mercado que não está propício para o turismo de negócios. Até nos centros maiores a grande oferta da hotelaria está gerando dor de cabeça, resultado da não observância de alguns critérios. “Veja o caso do Rio de Janeiro pós Copa do Mundo e Olímpiadas. Faltou planejamento. Cascavel está ganhando mais um hotel no próximo ano, já em obras. Portanto, vem mais desespero por aí”, conclui Casagrande.

O que é o Convention
O Cascavel Convention & Visitors Bureau é um organismo de captação, organização, operacionalização e fomento do turismo de eventos, lazer e negócios na cidade, sem fins lucrativos, apartidário, mantido pela iniciativa privada. São empresas do ramo hoteleiro, gastronômico, eventos, comércio varejista e turismo em geral.

Mais informações pelos telefones (45) 98409-6299 com Felipe Casagrande e (45) 98809-4660, com Cristiane Hickmann, executiva do Convention

 

Texto Rejane Martins Pires

Compartilhe